Lembrar-se daquilo que você comeu ontem serve para construir sua identidade tanto quanto saber como foi que seus pais se conheceram, como foi que seus avós chegaram ao Brasil ou o que distanciou o homem do macaco.


Leia Mais

Durante a aprendizagem de movimentos e mesmo em movimentos bem aprendidos, os núcleos da base exercem importante função relacionada à formulação do comportamento adaptativo. A elaboração dos aspectos táticos é responsabilidade mais direta do córtex motor e cerebelo. E a ativação de interneurônios e motoneurônios que participam tanto da geração quanto das correções dos movimentos, ou seja, a execução do plano motor, é responsabilidade fundamentalmente da medula espinal e de núcleos do tronco cerebral.


Leia Mais

Engana-se quem pensa que nosso cérebro é pré programado à leitura e escrita: nossos córtecis de primatas enfrentaram um árido processo de neuroplasticidade para dar conta de criar símbolos, que representam sons, que por suas vez, unidos, representam palavras, utilizadas para designar algo. Decodificá-los, como pertencentes de dado grupo, outros tantos. Além de tudo, interpretar, compreender, fazer inferências.


Leia Mais

Antes de pensarmos sobre as horas de dedicação na aprendizagem de alguma tarefa até desenvolver um nível de maestria, vamos tentar enxergar de outra maneira, a partir do ponto de vista em que há um maior entendimento do processo que envolve a realização de um movimento, bem como o de desenvolver e refina-lo para determinada prática.


Leia Mais

Uma das características mais importantes da mente humana é classificar as coisas, especialmente de forma dicotômica: bem e mal, claro e escuro, sagrado e profano. Obviamente, quanto mais simplista a classificação usada maior é a chance de agruparmos, sobre a mesma classe, coisas que são diferentes. Por essa razão, as classificações dicotômicas são bastante discutíveis,...

Leia Mais